Radioguide.fm

Radioguide.fm

envia ao seu amigo

Muzangala TV

Loading...

LOUCO SERÃO

GALERIA

LOUCO SERÃO

Etiquetas

configuração rato

A nossa revolucao Industrial

Zona Económica Especial
Conselho da Administração da ZEE traça plano estratégico 2012/2015
 



Luanda - A zona Económica Especial de Viana tem como plano estratégico para 2012/2015 incrementar a arrecadação de receitas por meio de novos negócios e aplicar novos critérios de qualidade e eficiência na gestão, informou hoje o presidente do Conselho de Administração, António de Lemos.

Segundo o PCA, consta igualmente do plano estratégico da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE introduzir e aplicar inovações tecnológicas nos processos da empresa, com vista a aumentar o desempenho e melhorar a prestação de serviços aos clientes.

Na perspectiva de ajudar a diversificar a economia angolana e promover o crescimento da ZEE, António de Lemos, disse que os novos projectos foram aprovados.

Disse que na zona foram instalados diversos serviços como de segurança prestado pela Polícia Nacional, de Imigração e Estrangeiros, de bombeiros, bancários, restauração e de recolha de resíduos sólidos.

No que tange a perspectivas de médio prazo, o conselho da administração pretende dar continuidade ao processo de estruturação e reforço da capacidade institucional da Sociedade de Desenvolvimento Económico Especial (empresa pública), mediante o recrutamento de quadros qualificados, formá-los e atribuir uma remuneração de acordo com o desempenho de cada um.

Com base no programa de investimentos públicos disse que pretendem implementar o plano estratégico e director da ZEE, prosseguir a construção das infra-estruturas do núcleo de Viana, para responder a elevada procura de lotes infra-estruturados por parte dos investidores.

Pretendem igualmente incentivar a implementação de projectos nos ramos da alimentação, agro-indústria, materiais de construção, metalúrgico, metalomecânico, máquinas, equipamentos agrícolas e de transportes, electrónico, farmacêutico, químico, tecnologias de informação e industrial e no sector da biotecnologia.

De acordo com o responsável, medidas para a implementação nas unidades fabris do sistema de gestão de qualidade, com vista a certificação dos produtos, constam também das metas a alcançar até 2015.

“A criação de um centro de formação técnica e de gestão empresarial, a conclusão dos cinco edifícios do núcleo central, num dos quais será instalada a futura sede da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE Luanda/Bengo EP”, consta ainda do plano.

 A Sociedade de Desenvolvimento da Zona económica Luanda/Bengo EP é uma empresa pública criada pelo decreto nº57/09 do Conselho de Ministros, cujo objecto social é a gestão e administração da ZEE.

Na ZEE estão instaladas 55 empresas, das quais 22 estão em funcionamento garantindo cerca de cinco mil empregos directo.

A Zona Económica Especial Luanda Bengo, pólo de Viana, ocupa uma área de oito mil 434 hectares.

 
 
Fonte: ANGOP