Radioguide.fm

Radioguide.fm

envia ao seu amigo

Muzangala TV

Loading...

LOUCO SERÃO

GALERIA

LOUCO SERÃO

Etiquetas

configuração rato

Boas vindas ao novo Kwanza!

BNA põe em circulação 750 milhões em notas e moedas da nova família do Kwanza
 
 
 
  Setecentos e cinquenta milhões de notas e moedas metálicas da nova família do Kwanza, emitidas pelo Banco Nacional de Angola (BNA), serão colocados à disposição da economia, de forma gradual, a partir de 18 de Fevereiro deste ano, disse hoje o vice-governador, António André Lopes.

O gestor fez essas declarações no final da conferência de imprensa de apresentação e lançamento oficial das novas notas do Kwanza, de 50 cêntimos, 1, 5 e 10 kwanzas (moedas metálicas) e de 50, 100, 200, 500, 1000, 2000 e 5000 kwanzas.

António André Lopes informou que as notas actuais, em circulação, e a nova família de notas e moedas metálicas, coabitarão no mercado até à definitiva retirada das antigas. Neste primeiro ano, pelo menos dois terços da quantidade fabricada entrará em circulação.

De acordo com o interlocutor, existem em circulação, actualmente, 750 milhões de notas de kwanzas e o propósito é que se a demanda da economia exigir, a nova família vai ter em circulação, sensivelmente, igual número de notas.

Relativamente aos custos de produção da nova família de notas do Kwanza, o responsável, sem precisar, disse que os custos variam entre os 2500 a 5000 por cada lote de mil notas.

Referiu que as novas moedas custaram menos, em relação ao dinheiro em circulação, e que o preço praticado pelo fabricante (Federação Russa) foi dos melhores do mercado.

O tempo estimado de vida útil das novas notas é de sete anos, mas o vice-governador prevê que dentro de três anos comecem já a surgir, eventualmente, notas deterioradas e que tenham de ser substituídas.

Quanto ao processo de fabricação e substituição de novas moedas, disse que se estima que dentro de três anos comecem já a surgir, eventualmente, notas da nova família deterioradas e, em função disso, será desencadeado o processo de produção em função das necessidades.

Esta é a quinta mudança que se faz à família do Kwanza. As moedas em vigor entraram em circulação aproximadamente há 14 anos.