Radioguide.fm

Radioguide.fm

envia ao seu amigo

Muzangala TV

Loading...

LOUCO SERÃO

GALERIA

LOUCO SERÃO

Etiquetas

configuração rato

Para Frente e o Caminho!

Executivo continua criar condições para o desenvolvimento



Luanda - A República de Angola vive um momento histórico especial, em que o Executivo continua a criar as condições essenciais para o desenvolvimento e solução dos problemas económicos e sociais da sua população, afirmou hoje, terça-feira, em Luanda, o ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira dos Santos Van-Dúnem.

O titular da pasta da defesa fez esta referência na cerimónia de cumprimentos de ano novo apresentados pelos adidos de defesa acreditados em Angola.

Sublinhou que o Executivo prossegue estes esforços a fim de fazer do país uma referência em África e no mundo.

"Perseguindo sólida e consistentemente este desiderato, consideramos ser fundamental à preservação da independência e da soberania", disse.

Frisou que através da sabia e clarividente condução do Presidente da República e Comandante em Chefe das Forças Armadas Angolanas, José Eduardo dos Santos, os órgãos do Ministério da Defesa Nacional e das FAA e todos os angolanos "não têm poupado esforços para preservar a integridade territorial do país, sem a qual jamais se alcançará o desenvolvimento sustentado almejado".

Cândido Van-Dúnem fez saber que as Forças Armadas Angolanas (FAA) estão num processo de reestruturação, de modo a adequá-las aos objectivos do desenvolvimento multifacético de Angola, para os quais, apelou à contribuição e solidariedade dos adidos de defesa acreditados no país.

Realçou que a experiência acumulada durante os longos anos de guerra que Angola viveu, bem como a consciência que os dirigentes angolanos têm sobre a situação da geopolítica mundial da actualidade, aconselha os altos responsáveis local a uma permanente actualização da ciência e arte militares.

Os novos desafios mundial, de acordo com o ministro da Defesa Nacional, aconselham também a um estudo sério e aprofundado sobre os factos e acontecimentos que se registam um pouco por todo o planeta.

"Por isso, temos dado uma particular atenção à formação e ao aperfeiçoamento dos quadros a todos os níveis da hierarquia das FAA, visando a reunião de competências à altura das exigências da defesa nacional", assegurou o ministro.

Apresentaram cumprimentos de novo ano ao ministro Cândido Van-Dúnem, os adidos de defesa da Itália, China, Rúsia, Brasil, Estados Unidos, França, Cuba, Portugal, África do Sul, Zâmbia, Zimbabwe e Namíbia.
Fonte: ANGOP