Radioguide.fm

Radioguide.fm

envia ao seu amigo

Muzangala TV

Loading...

LOUCO SERÃO

GALERIA

LOUCO SERÃO

Etiquetas

configuração rato

Arte Angolana no Mundo!

Investigador fala de arte moderna angolana na Hungria

 
 
Luanda – O investigador angolano Patrício Batsikama vai dissertar sobre “A arte moderna angolana” na segunda quinzena do corrente mês, na Universidade de Pêcs, na Hungria.



Patrício Batsikama, convidado pela Universidade Fernando Pessoa(Portugal), para o evento, disse que falar da arte moderna angolana é discorrer sobre as obras dos artistas plásticos Victor Teixeira “Viteix”, António Ole, António Feliciano “Kidá”, Álvaro Cardoso, António Tomás Ana “ Etona” e Massongui Afonso”Afó”.



“Viteix (já falecido) valorizou a pintura rupestre e trouxe a nova gramática pictórica; Ole fala da policronomia(da faceta sócio-cultural, económica e política de Angola); Kidá e Álvaro Cardoso trouxeram uma nova forma de fazer a gravura; Etona regista a história contemporânea angolana onde a razão tolerante é o ponto central e Afó aborda a força da angolanidade quando se aceita a diferença”, ressaltou.



São estas e outras ideias que o investigador angolano se baseará para esclarecer os presentes, entre docentes e discentes das várias universidades europeias que vão participar deste evento de cariz científico.



Ainda na Hungria, Patrício Batsikama fará um curso intensivo de Gestão Cultural e Políticas do Património Cultural.



O evento da Universidade de Pêc é financiado pela União Europeia(UE), sendo que a União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP) e a Embaixada Portuguesa apoiaram a ida do investigador à Hungria.



Autores de obras publicadas sobre as origens do Reino do Kongo e sobre a filosofia artística do Etonismo, Patrício Batsikama fez o bacharelato em História na República Democrática do Congo (RDC) e especialização em filosofia de arte, na Universidade Plymouth, Inglaterra (em 2002).



Doutorando em Antropologia de Arte pela Universidade Fernando Pessoa (Portugal), o investigador é ainda crítico de arte, tendo textos publicados em vários jornais nacionais e sites internacionais dedicados às artes plásticas.



Fonte: ANGOP