Radioguide.fm

Radioguide.fm

envia ao seu amigo

Muzangala TV

Loading...

LOUCO SERÃO

GALERIA

LOUCO SERÃO

Etiquetas

configuração rato

1 Minuto de Cultura!!

Comemora-se hoje o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor




Comemora-se hoje 23 de Abril, o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, proclamado pela Conferência Geral da UNESCO, em 1995, com o objectivo de promover uma maior consciencialização sobre a importância dos livros na nossa sociedade.
Nesta data celebra-se também o Direito de Autor. Um direito que é reconhecido pela Declaração Universal dos Direitos do Homem, o direito de autor funciona simultaneamente como garantia de defesa do património e dos valores culturais.

A data foi instituída pela Conferência Geral da UNESCO para prestar tributo aos grandes autores da literatura mundial que nasceram ou morreram neste dia. É o caso de Cervantes, Shakespeare, Inca, Garcilaso de la Veja e Vladimir Nabokov. A celebração procura também encorajar as pessoas, especialmente os mais jovens, "a descobrir o prazer da leitura e a respeitar a obra insubstituível daqueles que contribuíram para o progresso social e cultural da Humidade" (UNESCO).

A ideia de celebrar este dia surgiu na Catalunha, onde é oferecida uma rosa a cada pessoa que compra um livro. Desde então o dia 23 de Abril tem sido comemorado de diversas formas um pouco por todo mundo. Todos os anos o Comité da Unesco nomeia a Capital Mundial do Livro.

Entretanto, o Dia Mundial do Livro e do Direito de autor é celebrado em mais de 100 países.

Direitos Autorais são conjuntos de normas legais e prerrogativas morais e patrimoniais (económicas) sobre as criações do espírito, expressas por quaisquer meios ou fixadas em quaisquer suportes, tangíveis ou intangíveis e são concedidos aos criadores de obras intelectuais.
A protecção dos direitos autorais foi uma das formas encontradas para evitar que grandes ideias e criações fossem descredibilizadas pela pirataria que, basicamente, se caracteriza pelo roubo de ideias em benefício próprio.
Por isso, é fundamental para os autores e para a própria evolução da cultura na sociedade que os direitos autorais sejam protegidos, possibilitando que os autores, qualquer que seja a sua criação, permaneçam estimulados pelo reconhecimento de seus esforços e da beleza de suas obras, e continuem trabalhando para que possamos ter acesso a novos livros, músicas, quadros, etc.
Sem a devida protecção, aos direitos autorais, escritores como Miguel de Cervantes, autor de ‘Don Quixote de La Mancha’, e William Shakespeare, autor de ‘Romeu e Julieta’ e ‘Hamlet’, certamente não teriam alcançado o justo reconhecimento por seus esforços e actualmente poucos, ou ninguém, saberiam quem foram e o que fizeram.
O reconhecimento a estes dois génios da literatura é tamanho, que em uma última homenagem, a escolha da data de comemoração ao Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor foi feita com base no facto de que, dia 23 de Abril de 1616, ambos, tanto Miguel de Cervantes quanto William Shakespeare, faleceram.
Fonte: ANGOP