Radioguide.fm

Radioguide.fm

envia ao seu amigo

Muzangala TV

Loading...

LOUCO SERÃO

GALERIA

LOUCO SERÃO

Etiquetas

configuração rato

Ministro das Relações Exteriores inaugura consulado de Angola em Los Angeles

O ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chicoti, inaugurou, sexta-feira, em Los Angeles, Estados Unidos da América (EUA), as instalações onde vão funcionar os serviços consulares da República de Angola, nesta cidade.

 A infra-estrutura, situada no centro da cidade de Los Angeles, se situa no quinto andar de um edifício e possui mais de dez gabinetes e várias salas de reuniões , onde também  estão localizadas  outras repartições de serviços extra consulado.
Cumprida a formalidade protocolar do corte da fita, seguida de uma oração de bênção, da parte de um missionário americano, Georges Chicoty visitou algumas áreas das instalações e recebeu informações de como será efectuada a prestação de serviços do consulado aos cidadãos angolanos residentes e de norte-americanos, em caso de os mesmos solicitarem eventuais pedidos para fins de negócios ou turismo.
O ministro Georges Chicoty, que ainda se encontra nos EUA, integrou a delegação angolana, chefiada pelo Vice-presidente da República, Manuel Vicente, que participou dia 06 deste mês na Cimeira Estados Unidos da América/África, organizada pela administração norte-americana.
Na ocasião, o Cônsul Geral, Martinho Codo Bachi, disse que a instituição, situada na área de jurisdição de Los Angeles,  vai cobrir 14 regiões da Costa Oeste dos EUA,  onde estão identificados  mais de  2500 angolanos  a viverem nesta região desde 1974,  que doravante  poderão fazer os seus registos ou obter documentos nacionais.
De acordo com o diplomata angolano, essa missão terá também a tarefa de conceder vistos de entrada para Angola a cidadãos norte-americanos que eventualmente manifestarem a intenção de visitar o país.
A congressista democrata representante do 37º distrito de Califórnia e membro do Comité de Relações Exteriores, a americana Karin  Bass  convidada à cerimónia considerou o momento “bastante importante", pois segundo  afirmou trabalhou durante  40 anos a apoiar  a causa  de libertação de Angola do regime colonial.
"Nós tínhamos aqui em Los Angeles  um importante  movimento activo  que não só defendeu a causa angolana como também  lutou contra o antigo regime do apartheid vigente há anos  atrás na Africa do Sul", recordou.
Testemunharam o acto o embaixador de Angola nos EUA, Alberto Ribeiro, representantes do consulado de Angola em Huston/Texas, em Nova Iorque, entre outros convidados.
Fonte: ANGOP